Destak

arte & lazer

Actualidade: "Cinderela" ou a impossibilidade do amor romântico estreia-se no Teatro S.Luiz

13 | 06 | 2018   10.12H
Destak/Lusa | destak@destak.pt

A impossibilidade de um casal resolver as assimetrias decorrentes do seu estrato social de origem e de viver um amor romântico sustentam "Cinderela", peça que se estreia na terça-feira, dia 19, no Teatro Municipal S. Luiz, em Lisboa.

Com esta peça escrita há dois anos, mas só agora levada ao palco, Lígia Soares pretendeu fazer uma metáfora aos contos de fadas que povoaram o imaginário de muitas crianças, para mostrar que, apesar de na sociedade atual as diferenças sociais se encontrarem mais "esbatidas, as relações conjugais não servem de motor para a ascensão social", explicou à Lusa a autora do texto.

"Atualmente, não há, de uma forma geral, tanta oposição como havia no passado contra uniões de casais provenientes de estratos sociais diferentes, mas, no entanto, há uma consciência implícita, mesmo entre os cônjuges, da impossibilidade de resolução desta assimetria resultante da proveniência de estrato social", referiu.

Comentar Artigo

Enviar a amigo

Nota: os seus dados pessoais servirão apenas para os destinatários o identificarem.